Imprensa‎ > ‎SCAINews‎ > ‎Abr2015‎ > ‎

A teoria do tudo (que funciona) - por Daniel Schnaider

A teoria do tudo (que funciona)

Como a padronização de processos se tornou essencial para o sucesso das empresas

Imagine o mundo sem padrões. Nenhuma invenção poderia ser massificada. Carros, estradas, aviões, todos os produtos elétricos até o bidê do banheiro e a porta do apartamento. Todos dependem de padrões altamente especificados para que o produto que é produzido muitas vezes distante de seu usuário, possa de fato funcionar, ser instalado, e utilizado pelo seu novo dono.


Padronização permite que o conhecimento passe entre gerações com mais facilidade, como os 10 mandamentos, pois por definição são elaborados e documentados. As melhores práticas que são aprendidas ao longo de experiência e testes, tomam  formas de novas versões de padrões já existentes. Como exemplo, o padrão para tomadas elétricas no Brasil mudou para poder ter o fio terra, os exames de medicina são atualizados para que os médicos atendam um padrão mínimo do conhecimento de hoje e das pesquisas em desenvolvimento, e não da medicina do passado.


Mas se a padronização se mostra tão importante para a humanidade, durante gerações, se é parte essencial da vida de todos, até mesmo quando dormimos, pois a grande maioria das camas também seguem rígidos padrões de tamanho e as vezes de qualidade, porque tão poucas empresas adotam a padronização de seus processos?


Acredito que as respostas sejam simples. Em primeiro lugar, o desconhecimento de como criar a padronização de processos seguida pelo desentendimento de seus benefícios, alguns deles já citados, são o calcanhar de aquiles das empresas. Por empresas serem grupos fechados, pequenos comparados com os “usuários de avião”, ou de “estradas”, implicitamente se presume que não há necessidade ou que é custoso criar padrões.


Mas como o Sandwiche mais famoso do mundo, poderia ter seus dois hamburguers, alface, queijo, molho especial, cebola, picles e um pão de gergelim, estocado, distribuido, precificado, sua qualidade testada, seu marketing bem sucedido, sem um excelente sistema de padronização de sua cadeia produtiva?


Os cínicos dirião que o padrão será criado “mais tarde”, “quando houver escala”. Mas a experiência e estudos sustentam que o padrão cria a escala e não ao contrário. Veja que até a natureza segue padrões bem rígidos, seja este o da inércia, a velocidade da luz, ou da gravidade. Para ler este artigo na internet, seja pelo computador ou pelo smartphone foram necessários o desenvolvimento de dezenas de padrões.


Padronização de processos é essencial para reduzir custos, tornar o sistema empresarial mais eficiênte. Sem ele é a mensuração de performance de funcionários e qualidade de produtos e serviços é quase impraticável o que implica em julgamentos subjetivos e incoherentes.  Processos de inovação e melhoria continua são comprometidos, pois os incêndios localizados tirarão o foco do novo - persistentemente!


O investidor não conseguirá avaliar o valor de algo desorganizado e imprevisível, o que aumentará o risco de conseguir capital externo, de vender ativos ou de conseguir sócios estratégicos.


Criar um padrão não significa copiar o padrão do outro. No âmbito da firma, significa desenvolver o padrão que irá melhor servir os acionistas, clientes e funcionários. Os padrões  devem ser alinhados com a missão, visão e valores da empresa. A padronização, entre muitas de suas vantagens, da uma transparência que é interpretada como a segurança de todos os agentes envolvidos.


O funcionário terá informações explícitas sobre suas funções e responsabilidades, acompanhado do “livro de receita” os padrões para suas atividades recorrentes; os acionistas poderão ter acesso a relatórios que seguem rigorosos padrões de qualidade, podendo assim confiar, analisar e entender o que estão vendo; e o cliente saberá como será sua experiência de usuário em cada fase da pré e pós venda.


A padronização dos processos de cada um dos departamentos é fundamental para que o negócio se perpetue. Não a veja como custo, e sim como um excelente investimento. Resultados não tardarão em vir.

Comments