Imprensa‎ > ‎SCAINews‎ > ‎Dez2014‎ > ‎

Entrevista com Henrique Rzezinski



Qual são os principais desafios no mercado de óleo e gás Brasileiro? Como estes desafios são diferentes daqueles enfrentados por empresas Americanas, Europeias ou Chinesas?
    
O principal desafio no mercado de óleo e gás é de ordem regulatória, em especial no que tange aos requisitos de conteudo nacional como instrumento viabilizador do adensamento do parque industrial brasileiro no setor e no que diz respeito a operadoria única da petrobrás no pré-sal. O Brasil atua hoje basicamente no regime de partilha enquanto EEUU e Europa no regime de concessão.A China se difere por não ter mecanismos de mercado comparáveis com Brasil/EEUU e Europa.
 

Entre as dificuldades operacionais dês da exploração, extração, refinar e distribuição e por outro lado as relações institucionais com o governo e investidores - como os principais executivos dividem seu tempo para ter o melhor equilíbrio entre tantas prioridades?


Existe na indústria um padrão razoavelmente homogêneo quanto a divisão de tarefas nas Diretorias entre a área institucional e a operacional.A coordenação é normalmente feita no colegiado. 
 

Qual seria o impacto que tem as últimas denuncias da Petrobras e a queda no seu valor de mercado, mais o episódio com Eike Batista no setor de energia, na capacidade de conseguir financiamento para projetos no setor de óleo e gás no Brasil?

O impacto existe mas é preciso separar as causas de natureza política com a excelência técnica e operacional da Petrobrás que está na fronteira do conhecimento no setor.Tudo que disser respeito a confiança do investidor está prejudicada mas os investimentos para viabilizar a extração de óleo e gás seguirão seu curso normal.Quanto ao episódio Eike ele se enquadra no quesito confiança. 

Energia alternativas são uma preocupação da empresa da energia "tradicional"? 
Não. pelo contrário.Elas são uma forma de diversificação e investimento nas tecnologias do futuro. 

Comments